Blog

Como a tecnologia ajuda na transformação tributária nas empresas?

Como a tecnologia ajuda na transformação tributária nas empresas?

Em pleno ano de 2020, não há mais como fugir da tecnologia. Em tudo que vamos fazer hoje ela está presente de alguma forma, facilitando conexões, acelerando processos e economizando nosso tempo.

Muitos procedimentos burocráticos também foram simplificados pelo avanço da tecnologia e os governos estão aderindo cada vez mais a sistemas que ajudem na integração de informações e na gestão fiscal, por exemplo.

Por conta disso, estamos em um momento que chamamos de transformação tributária e que traz muitos benefícios, tanto para empresas – seja qual for o seu porte – quanto para os governos.

Além de o Brasil ter uma das tributações mais complexas, ainda há o fato de que hoje é muito mais comum ter empresas nacionais atuando no mercado exterior com mais facilidade e tendo que lidar com vários regimes tributários.

É aí que a tecnologia tem um impacto bastante positivo nas empresas que necessitam de maior agilidade no que diz respeito à sua gestão tributária e da sua regularidade perante o fisco.

Acompanhe este artigo e fique sabendo como a tecnologia ajuda na transformação tributária e de que forma você pode utilizá-la na sua empresa. Fique de olho nos pontos abaixo:

  • Em que consiste a transformação tributária
  • Surge uma nova profissão
  • Ferramentas para a gestão tributária
  • Prepare sua empresa para a mudança

Em que consiste a transformação tributária

Houve um tempo não muito distante em que a gestão tributária era feita de forma bastante manual, com o profissional de contabilidade focado principalmente no operacional.

Além de gastar boa parte do seu tempo de trabalho com o lançamento de informações em planilhas de computador ou livros de contabilidade, ainda havia um grande risco de erros de escrita ou digitação.

Esses erros, mesmo sem intenção, poderiam acarretar em multas que, dependendo do caso, a empresa poderia nem ter condição de arcar financeiramente ou ter um prejuízo muito grande no seu caixa.

Justamente com a intenção de diminuir esse tipo de gasto e facilitar o compliance fiscal das empresas é que a tecnologia tem estado cada vez mais presente nesses processos, provocando uma inovação tributária.

Surge uma nova profissão

Com o uso bastante presente das novas tecnologias para a gestão tributária nas empresas, houve uma espécie de simbiose entre os conhecimentos de contabilidade e Tecnologia da Informação.

Hoje em dia, é bastante comum que profissionais tenham formações distintas para trabalharem em uma única função e a necessidade de uma maior eficiência tributária fez surgir o taxologist.

Esta nomenclatura, que usa as palavras em inglês tax (impostos) e technologist (tecnólogo) apresenta um profissional que passeia entre as áreas de contabilidade, TI e gestão.

Apesar de já ter certa popularidade nos EUA, ainda não existe uma formação específica para esse tipo de profissional, portanto, os conhecimentos necessários devem ser buscados de outra forma.

Muitas pessoas que já atuam na área de TI, podem incrementar suas qualidades profissionais dentro do setor tributário da empresa onde trabalham e, com essa bagagem, se tornar um taxologist.

Por ter uma maior consciência dos benefícios que a tecnologia traz para uma gestão tributária mais eficiente, o taxologist desenvolve seu trabalho pautado no bom armazenamento dos dados e em relatórios fiscais mais precisos.

Além disso, está sempre em busca de novas tecnologias que ajudarão ainda mais na aceleração dos processos, diminuição de erros e retrabalho e que auxiliarão na parte estratégica do negócio.

Ferramentas para a gestão tributária

Com a necessidade ainda maior de melhorar os processos de gestão tributária, vários softwares surgiram no mercado, com o objetivo de auxiliar as empresas a se manterem em dias com o fisco de forma mais fácil.

O uso dessas ferramentas diminui consideravelmente o número de erros de informações e permitem o seu acesso de qualquer lugar, além de manter o foco da empresa no seu core business e na visão estratégica.

Umas dessas inovações digitais é o BI (Business Intelligence), que faz uma análise baseada em dados que ele vai buscar nos próprios sistemas da empresa e também fora dela, como os integrados ao governo, por exemplo.

Através dessa análise, ele fornece relatórios que ajudarão a traçar estratégias no que diz respeito à competitividade de mercado e até para a diminuição no pagamento de tributos, com uma possível mudança do regime tributário.

A tecnologia de armazenamento em nuvem também vem sendo bastante utilizada, pois, dispensa o investimento alto em servidores, com a contratação de empresas que ofereçam esse serviço.

Ela oferece mais segurança, pois não há risco com a perda de documentos físicos e até acidentes (como incêndios, por exemplo) e o conteúdo pode ser acessado de outros aparelhos como celulares e notebooks.

Para facilitar ainda mais, a Inteligência Artificial surgiu com o poder de simular o raciocínio humano em determinados processos e fazer análises de dados tributários de forma mais assertiva.

Por fim, o RPA (Robotic Process Automation) causa um impacto ainda maior quando o assunto é transformação tributária, pois utiliza a robótica para realizar cálculos e várias atividades simultaneamente.

Prepare sua empresa para a mudança

Os tempos são de mudanças e com o mercado não é diferente. As variações na economia são cada vez maiores e chegam de surpresa, por isso, é preciso manter-se preparado constantemente.

Se no passado, boa parte do negócio era voltado para o operacional, hoje, quanto mais pessoas estiverem envolvidas em atividades mais estratégicas, mais tempo a empresa será ativa no mercado.

Portanto, investir em tecnologias que facilitem os processos burocráticos e diminuam o tempo de desenvolvimento de determinados trabalhos passou a ser uma necessidade urgente.

É cada vez mais notório que empresas com esse entendimento têm uma maior produtividade e conseguem resultados mais satisfatórios dos seus processos internos, que não demandam mais tanto esforço manual.

Ainda mais no que se entende por gestão de tributos, pois, se feita de forma mais eficiente, pode diminuir custos e possibilitar investimentos maiores em outras áreas da empresa.

Se você sente a necessidade de levar essa transformação digital para o seu negócio, nós podemos ajudar com estratégias inovadoras para o uso dessa tecnologia.

Acesse o site https://livetax.com.br/ e fique sabendo tudo sobre inteligência e tecnologia tributária!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *